Home

Administrar

Banner

Login de Usuário






Esqueceu a senha?
Ainda sem conta? Registrar-se

Você Sabia ?

O volume de terra que o Rio Amazonas joga no mar é tão grande que, graças a esses sedimentos, o litoral da Guiana Francesa e do Amapá está crescendo. Esse crescimento, ainda não medido, já aparece em imagens de satélites.
 
Bem Vindo à Academia da Pesca.
Daniel PDF Imprimir E-mail
Escrito por RicMira   
Sex, 17 de abril de 2015 01:00

DanielDaniel, mais um pescador que sabe o que faz. Parou a canoa em frente à margem da Serra da Mesa, lugar de muitas galhadas e esconderijo conhecido do Tucunaré.

Para a alegria dos companheiros ele garantiu o almoço ao fisgar este belo peixe, brigão e gostoso de pescar.

Parabéns Daniel, grande abraço a todos da Casa de Carnes Via Norte, Goiânia-GO.

Última atualização ( Sáb, 18 de abril de 2015 02:08 )
 
Wellington PDF Imprimir E-mail
Escrito por RicMira   
Qui, 16 de abril de 2015 01:00

WellingtonNosso amigo Wellington, excelente pizzaiolo renomado e conhecido em Goiânia, pelo seu trabalho na Pizzaria Milão, na Av. Luiz de Matos, (62) 3287-3114, exibe com orgulho a caranha que pescou no Rio Araguaia com muita emoção e diz que não foi fácil.

 Ele diz que quer voltar ao Rio Araguaia para pegar um belo Tucunaré da próxima vez.

 É isso aí Wellingon, perseverança é tudo. Boa pesca!

Última atualização ( Sáb, 18 de abril de 2015 02:01 )
 
Segurança na pescaria. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Bombeiros-GO   
Ter, 24 de julho de 2007 03:00

Se você vai pescar, atente para as seguinte normas e dicas úteis:

  • Para pilotar um barco, é obrigatória a Carteira de Arraes Amador. Além disso, o barco deve estar equipado com coletes salva-vidas (1 para cada ocupante), bóia circular, âncora e remos.
  • Se começar a ventar forte, suspenda imediatamente a pescaria para evitar aborrecimentos. Nessas ocasiões, o rio se torna perigoso.
  • Modere o consumo de bebida alcoólica antes ou durante uma pescaria. Muito nadador experiente perdeu a vida pelo descumprimento dessa simples regrinha: rio e álcool não se misturam.
  • Evite banhar no rio em locais não autorizados ou desconhecidos. Mesmo praias aparentemente mais propícias ao banho podem ter poços perigosos.
Última atualização ( Dom, 27 de janeiro de 2008 19:18 )
 
Equipamentos Básicos PDF Imprimir E-mail
Escrito por Jairo Mira   
Sáb, 02 de junho de 2007 03:00

Os pescadores chamam o conjunto de seus apetrechos de tralha. Ela pode ser bastante reduzida, dependendo do tempo que você dedicar à pesca. A tralha de um pescador amador dedicado é composta por um caniço de fibra de vidro, varas caipiras articuladas, carretilhas, molinetes, anzóis de tipos e tamanhos diferentes, linhadas de nylon de várias bitolas, chumbadas leves e pesadas, porta iscas, iscas artificiais, colheres, arame para encastoamento, puçá, samburá, bicheiros, uma boa lanterna, pilhas e lâmpadas sobressalentes, uma corda, facão de mato e uma barraca pequena e leve.
      Todo o material miúdo deve estar num estojo de pesca com divisórias apropriadas para que seja localizado rápida e facilmente. Caniços e varas podem ser transportados numa sacola comum.
      Além desses apetrechos, outros podem ser levados à pescaria: bóias, faca, giradores, alicate com corte. Cada pescador, com o tempo e a prática desenvolvida, vai montando e organizando a tralha a seu gosto.
      Para os pescadores iniciantes, a escolha de sua primeira tralha pode parecer complicada, diante da enorme variedade de marcas (nacionais e importadas) e tipos de apetrechos. Que caniço comprar? Basta um? Molinete ou carretilha? Quantos? Que tipo de anzol? Linha de que bitola?
      Isso tudo depende do tipo de peixe que se quer pescar e do tipo de pesca a ser praticado. Além disso, os pescadores experientes recomendam optar pelas melhores peças pois um gasto um pouco maior na hora da compra significa aborrecimentos a menos na hora da manutenção ou durante a pescaria.

Para pescar em rio - de barco ou da margem - utilize um dos seguintes arranjos:

  • Carretilha leve (200 a 300 gr) e de alta capacidade de recuperação de linha, carregada com linha de 0,30mm ou 0,40mm, acoplada a uma vara de no máximo 2 m, não muito flexível. Com esse equipamento, você poderá apanhar peixes pequenos e médios, de superfície, meia água ou de fundo.
  • Para a pesca em águas profundas, a carretilha deve ser maior e mais resistente, com capacidade para cerca de 200m de linha 0,50mm. O caniço deve ser bastante robusto, para suportar o combate com peixes maiores, e as chumbadas devem ser pesadas, para levar rapidamente a isca a lugares profundos ou de forte correnteza.
    Finalmente, um arranjo para pesca de corrico. Aqui, novamene um molinete e uma linha com bitola de 0,60mm. O caniço, de fibra de vidro, de preferência maciço, deve ser curto (entre 1,50m a 2m), de cabo resistente e ponteira do tipo roldana.
  • OBS: Em um barco, o caniço comprido é um estorvo. Além disso, o eixo de seu molinete pode ficar emperrado devido à grande tração. Caniços longos são úteis em pesca de praia, pois possibilitam grandes arremessos e a manutenção da linha acima da arrebentação das ondas.
Última atualização ( Dom, 27 de janeiro de 2008 19:20 )
 
 

Enquete

O que mais te irrita quando vai pescar ?
 

Quem está on-line?

Temos 66 amigos online